Artigos

Conheça nosso Blog ACESSE AGORA

Pilates e ioga são ótimas opções contra a insônia


Que a prática de exercícios físicos faz bem à saúde todo mundo já sabe. Mas entrar no ritmo das atividades é outra história. O pontapé inicial pode ser dado agora, principalmente, para quem tem dificuldades de dormir. Além de melhorar as formas do corpo, os exercícios podem ajudar na qualidade de sono. Segundo especialistas, pilates e ioga são boas opções.

"A atividade física ajuda. Desde que seja realizada de três a quatro horas antes do horário de dormir. No caso das atividades de relaxamento, como o pilates e o ioga, duas horas antes são suficientes", garante o especialista em Medicina do Sono Sérgio Barros Vieira. A professora de ioga Flávia Dalla Bernadina diz que a prática de manhã é excelente porque revigora para o dia. Já à noite relaxa mais. De acordo com ela, ioga normal não tem restrição de horário para fazer. Mas power ioga e ashtanga ioga são mais vigorosos fisicamente e podem ter restrições se praticados muito tarde.

"Na verdade, o ioga ajuda muito na qualidade do sono porque trabalha a consciência da respiração. É um trabalho completo de consciência respiratória, corporal, além da meditação através dos mantras e relaxamentos. O próprio significado da palavra é aquietamento das ondas mentais. Ele preza o momento presente. Você não faz o alongamento pensando no que vai fazer depois. Isso diminui muito a ansiedade. A pessoa adota um modo de vida mais saudável porque a prática te faz sensibilizar e escutar mais o seu corpo", afirma Flávia.

O fisioterapeuta Grayson de Figueiredo, pós-graduado em traumatologia e ortopedia com formação internacional em terapia manual e pilates, recomenda exercícios que ajudam a organizar o corpo e destaca os benefícios do pilates. "O pilates trabalha a respiração, controle motor, melhoria postural, alongamento e flexibilidade. A atividade deixa a pessoa mais relaxada. Com isso, ela dorme melhor", explica o fisioterapeuta. Segundo ele, sem acompanhamento, as pessoas costumam fazer o alongamento de forma errada. Por isso, é importante a orientação de um profissional.

Independente das atividades físicas, ter horários para dormir, evitar comidas pesadas à noite e buscar uma higiene do sono ajudam na qualidade do mesmo.

Quer saber mais? Então clique aqui e veja todos os artigos publicados.