Artigos

Conheça nosso Blog ACESSE AGORA

Ganhe postura e condicionamento com Pilates

Exercício ajuda quem tem dores lombares e articulares.

O Pilates se mantém com grande visibilidade entre os adeptos das atividades físicas em função dos bons resultados que apresenta. Indicado até para aqueles que sintam dores lombar e articulares, a modalidade pode ser feita sem riscos de lesão na medida em que trabalha a postura, a respiração e o condicionamento físico em geral com total segurança. “Um dos principais atrativos do Pilates é que ele pode ser praticado por qualquer pessoa. É indicado a partir dos oito anos de idade, desde que a pessoa consiga ter o controle sobre a respiração e saiba contar, pois estas são habilidades necessárias para os exercícios”, explica Beatriz Amora, fisioterapeuta especialista em Pilates.

E engana-se quem pensa que o Pilates só pode ser feito de forma lenta. Tradicionalmente isto é uma realidade criada por Joseph H. Pilates para auxiliar o condicionamento físico do exército alemão nos idos de 1918. Mas o método foi, ao longo dos anos sendo adaptado por professores de educação física e fisioterapeutas, de modo que hoje é possível realizar circuitos com objetivos mais aeróbicos, capazes de ajudar na perda de peso.

Grau de dificuldade

Beatriz Amora Fisioterapeuta diz que, o Pilates existe em três diferentes graus de dificuldade: iniciante, intermediário e avançado. “Lógico que há exercícios que poucos alunos conseguem fazer, pois estes exigem um equilíbrio maior e também mais força muscular, e isso só se alcança com algum tempo de treinamento capaz de deixar o corpo do aluno mais estruturado para tarefas mais desafiadoras. O Pilates possui etapas e você nunca vai poder montar uma aula avançada para um aluno iniciante”, coloca a fisioterapeuta.

Em função destes ‘degraus’ de aprendizagem, a modalidade oferece uma segunda característica bem própria: as aulas são totalmente individualizadas. Desta forma, diferente do que se observa em academias de musculação nas quais um único instrutor dá suporte a vários alunos, durante uma aula de Pilates dificilmente será visto mais de três ou quatro pessoas sob a orientação de um único professor. “Em casos nos quais a turma esteja bem adiantada, é possível colocar no máximo quatro alunos por horário. Isto acontece porque o professor precisa estar sempre acompanhando diretamente os seus alunos, tanto que é comum ver que algumas turmas passam anos com um mesmo professor”, acrescenta Beatriz.

Outra coisa que chama a atenção nesta atividade são os aparelhos utilizados durante as aulas. “Os equipamentos foram criados pelo próprio Joseph Pilates, especialmente para a modalidade. São aparelhos anatômicos, robustos e resistentes que suportam uma carga de peso muito alta. Como são fabricados de madeira maciça e aço inox, pode-se dizer que são feitos para a vida inteira”, finaliza.

Fonte: Verão infonet

Quer saber mais? Então clique aqui e veja todos os artigos publicados.