Artigos

Conheça nosso Blog ACESSE AGORA

Dicas para otimizar sua aula de Pilates

Aí vão algumas dicas para um bom aproveitamento na sua aula de pilates: 

  • Fique atento às instruções do professor, na dúvida peça que explique novamente;
  • Organize seu corpo antes de iniciar os movimentos e sempre que sentir necessidade;
  • Verifique se os equipamentos utilizados estão dimensionados para você;
  • Nunca deixe de respirar. A respiração é fundamental para o bom desenvolvimento da técnica;
  • Não tenha pressa! Realize os movimentos de forma lenta e precisa. Pilates é sinônimo de qualidade de movimento e não quantidade;
  • Nem sempre a dificuldade em realizar um exercício ocorre por falta de força, ensine seu corpo a controlar o movimento. Concentre-se;
  • Tensione apenas os músculos necessários pra realizar o movimento e mantenha os demais relaxados. Não se agarre ao colchonete ou outra base de apoio!
  • Fique atento à manutenção do controle da região abdominal (Power House), se perceber que perdeu a tensão, organize-se novamente. Sua coluna pode pagar caro por isso;
  • Informe ao professor sobre qualquer desconforto;
  • Compare seus resultados com você mesmo. Não se importe com o desempenho do seu colega. Respeite seus limites.
  • Observe sempre sua postura, sua pelve em posição neutra, cervical neutra (pescoço alongado). Observe os ombros, eles tendem a estar tensos.
  • Mantenha o abdómen sempre contraído; se a musculatura “fibrilar” pare o exercício, lembre-se da excelência do movimento.
  • Lembre-se que o Método Pilates preconiza os exercícios leves, com poucas repetições,mas com excelência dos movimentos.
  • O professor(a) irá estimulá-lo proprioceptivamente, tocando em regiões que precisam ser conscientizadas. (Se isso o incomodar, verbalize que prefere não ser tocado).
  • Nunca manipule as molas dos aparelhos, tome muito cuidado ao entrar ou sair dos aparelhos, respeite o limite de sua flexibilidade. Preste atenção quando o professor mostra a amplitude do exercício que você irá realizar.

Quer saber mais? Então clique aqui e veja todos os artigos publicados.