Artigos

Conheça nosso Blog ACESSE AGORA

Dê adeus à TPM com o Pilates



Bolsa de água quente, remédios para cólica menstrual e um estoque de chocolates no armário da cozinha já podem ser esquecidos! Para combater a famosa e tão indesejada TPM, a prática do Pilates é uma ótima recomendação. Além de trazer benefícios físicos, a atividade proporciona saúde mental e, para as mulheres, é uma forte aliada no combate a Tensão pré-menstrual.

Engana-se quem pensa que o Pilates é uma atividade "morna". Está longe de ser também uma espécie de alongamento para educação postural e respiração, como muitos acreditam. O método vai além disso tudo. A prática possui diversas vertentes, todas voltadas tanto para a reabilitação quanto para o fitness. Os mais comuns são o Pilates com aparelhos e o de solo, conhecido também por Mat Pilates.

No Pilates Solo, você depende da força do próprio corpo para realizá-los: A base é o centro de força, composto principalmente pelos músculos do abdome, região lombar, quadris e glúteos. O professor de Pilates, Gabriel Mendonça afirma que o corpo costuma responder de forma maravilhosa a prática, pois o Pilates é muito estimulante e desafiador. A melhora na TPM é apenas uma consequência dos benefícios que o método proporciona ao corpo. De acordo com o profissional, a prática do Pilates ajuda as mulheres a terem um melhor fluxo sanguíneo, diminui o inchaço que muitas costumam ter antes e durante o período menstrual e propicia drenagem linfática natural. Os exercícios também mexem com o emocional. A adepta fica mais centrada, nos dois sentidos, físico e mental. O bom humor é a principal diferença observada por muitas praticantes, segundo Gabriel. "Sempre ouço relatos das minhas alunas sobre diversas melhorias na TPM desde que começaram a praticar o Pilates".

É o caso da servidora pública Betânia Couceiro, que há um ano se tornou adepta da prática de Pilates de Solo. Ela conta que no início, o interesse pelo método era apenas estético, pois ouvia sempre as atrizes globais falarem sobre a atividade. Com o tempo, Betânia percebeu boas mudanças na saúde física e mental. "Antes de praticar o Pilates eu sofria bastante de TPM. Nesse período a minha resistência baixava e eu geralmente tinha gripe, coriza e ficava de mau humor. Notei que uma melhora significativa em todos esses aspectos desde que me tornei praticante do Mat Pilates", comenta, orgulhosa.

Betânia é praticante de musculação há 11 anos e diz, com firmeza, os exercícios trabalhados no Pilates são muito mais intensos. "No Pilates fazemos contração em cima de contração. É o peso do nosso corpo que é trabalhado. Esse o grande diferencial. Eu adoro!" E deixa a dica: "Recomendo o Pilates a qualquer pessoa, principalmente a mulheres que sofrem com TPM".

Quer saber mais? Então clique aqui e veja todos os artigos publicados.