Artigos

Conheça nosso Blog ACESSE AGORA

Benefícios da atividade física para quem tem escoliose

A escoliose é uma deformidade da coluna vertebral em forma de “C” ou “S”, entretanto existem outros desvios da coluna que podem estar associados, como a rotação vertebral, cifose torácica e lordose lombar e/ou cervical. A escoliose é sempre patológica, já a cifose e a lordose são curvaturas fisiológicas, mensuradas em graus.

Esta deformidade pode ser causada por inúmeras doenças e que analisada quanto a sua flexibilidade se divide em não-estruturais ou corrigíveis com a eliminação da causa, e estruturais ou permanentes.

É comum as crianças desenvolverem algum tipo de desvio na coluna, porém, dores são mais comuns na fase adulta, principalmente se não forem adotados hábitos e tratamentos adequados. Mudar os hábitos e incluir exercícios físicos entre as atividades de rotina ajudam a amenizar esse problema e evitar dores.

 
Veja abaixo alguns problemas posturais:

-Praticante que trabalha em frente ao computador;
-Quando o praticante permanece por horas no trânsito, com o banco ajustado inadequadamente para uma postura correta;
-Quem suporta muito peso nas costas (em bolsas ou mochilas cheias).

Esses definitivamente são hábitos que podem agravar o desenvolvimento de escoliose! Por tanto se você se encaixa em um dos perfis acima citados, procure mudar sua rotina postural.

Vale lembrar que antes de iniciar qualquer atividade física, a pessoa precisa passar por uma avaliação médica e/ou fisioterápica para que o profissional possa direcionar o seu paciente com escoliose para uma atividade que contribua para sua melhora, sendo necessária uma avaliação clínica e radiológica. E a conclusão do médico ou fisioterapeuta deve ser passada para o profissional que irá conduzir a atividade física escolhida.

A orientação de um profissional qualificado garantirá que os movimentos não só alinhem a coluna, mas também que fortaleçam os músculos capazes de deixá-la na posição certa.
Todos os exercícios que estimulam, igualmente, os dois lados do corpo auxiliam no tratamento e na prevenção da escoliose, como: natação, ioga, Pilates, caminhada, corrida, hidroginástica e, em alguns casos, a musculação.

Alguns desses exercícios não vão corrigir a curvatura, para que isso aconteça, é preciso que o esporte faça parte do tratamento e seja acompanhado por um profissional qualificado. No geral, o que todas essas atividades simétricas fazem é ajudar a evitar uma piora da escoliose.

O Pilates é um excelente exercício para a escoliose, pois trabalha o fortalecimento, alongamento e equilíbrio corporal, desta forma, melhora o alinhamento vertebral, reduzindo as tensões musculares e compressões discais devido a maior flexibilidade adquirida pelo corpo.

Em complemento, o Pilates trabalha o corpo de uma forma global, enfatizando os princípios básicos, dentre eles: respiração, posicionamento da pelve, posicionamento da caixa torácica, movimentação e estabilização da cintura escapular e posicionamento da cabeça e coluna cervical. Trazendo essa consciência ao praticante, fará com que se habitue a posturas mais adequadas no seu dia-a-dia, aliviando dores nas costas e amenizando o desvio da escoliose.

ATENÇÃO: Todos as atividades físicas trazem benefícios aos seus praticantes, porém alguns podem ser prejudiciais se forem praticados sem orientação, sendo estes:
Handball, tênis, basquete e outros exercícios que exigem muito mais um lado do corpo do que o outro ocupam os últimos lugares da lista. Nada impede que esses esportes sejam praticados, mas é ideal pedir aconselhamento de um profissional para evitar dores pelo corpo.

Atividades de alto impacto também devem exigir cuidado redobrado.

Quem optar por corrida, bicicleta e outras atividades aeróbicas também precisa estar atento a dois fatores importantes: o impacto dos movimentos nas articulações e o alongamento, que prepara os músculos para responder aos exercícios.
A musculação, feita com orientação de um Fisioterapeuta ou de um professor de Educação Física especializado em desvios de coluna, complementa o tratamento de escoliose: isso porque os exercícios fortalecem os músculos do abdômen, que dão sustentação à coluna, e os próprios músculos das costas. E
vite usar cargas excessivas demais, evitando encurtar ainda mais as fibras, e jamais dispense o alongamento antes e depois dos exercícios.

Dicas para o dia-a-dia do praticante de atividade com escoliose:

- Atenção na postura em que você fica durante o seu trabalho, se ficar sentado, alinha-se, mantenha sua postura alinhada e de forma que não tencione os músculos, principalmente, cervicais e lombares;

- Tenha cuidado ao carregar pesos, levante os pesos de forma correta, e tente carregá-los divididos entre os lados, caso isso não seja possível reveze entre os ombros e/ou braços;

- Use calçados adequados no seu dia a dia e quando for realizar alguma atividade física use obrigatoriamente tênis;

- Sempre respeite as limitações do seu corpo, principalmente em caso de dores;

- Pratique atividade física e siga a orientação de um profissional qualificado, não tente fazer um treino ou tratamento sozinho, isso poderá ser muito prejudicial ao seu bem estar e saúde física de seu corpo.

Quer saber mais? Então clique aqui e veja todos os artigos publicados.