Artigos

Conheça nosso Blog ACESSE AGORA

Auto estima e qualidade de vida

Em nossa sociedade encontramos com frequência quem acredite que com o passar dos anos, a idade avançada torna as pessoas obsoletas e incapazes. Estudos comprovam que as pessoas que pensam desta forma são justamente aquelas que acabam por ficar desse jeito.
Envelhecer não deve ser sinônimo de incapacidade. É possível aproveitar a vida quando se está numa idade avançada. Uma ótima maneira de se fazer isso é praticando atividades físicas.
O Pilates é um exercício muito eficaz para amenizar e até mesmo reverter os efeitos do tempo sobre o corpo. As gerações mais velhas podem tirar proveitos de muitos de seus benefícios. Por ser um exercício de baixo impacto, não há pressão sobre as articulações enquanto os movimentos são executados, tornando-o ideal para os praticantes da terceira idade.
O Pilates proporciona uma espinha mais resistente de modo a aumentar o equilíbrio corporal, o que é um grande avanço, já que o idoso tem seu equilíbrio comprometido devido aos desvios posturais decorrentes da idade. Através de exercícios desafiadores, o equilíbrio é restabelecido, restaurando as conexões responsáveis pela sensação de segurança ao caminhar e realizar as atividades do dia-dia.
A prática estimula a produção e a demanda de cálcio para os ossos que possam estar fragilizados, proporcionando lubrificação e aumento da amplitude dos movimentos para as articulações acometidas, respeitando os limites e avanços de cada um dentro das aulas. Por isso, os portadores de doenças como artrose, artrite reumatóide, artroplastia e discopatias degenerativas (degeneração das vértebras e discos da coluna), osteopenia e osteoporose também podem obter melhorias com o treinamento.
Contudo, o maior ganho da prática talvez seja a melhora que ela proporciona à auto-estima. Conforme o idoso se familiariza com os exercícios, ele se surpreende por conseguir realizar uma série de movimentos que, até então, ele não se julgava capaz.
O Pilates incentiva a vontade de aprender e viver, proporcionando melhor qualidade de vida. Através dele os idosos podem resgatar a confiança em si mesmos, valorizando-se mais e desfrutando melhor das coisas boas que a vida tem a oferecer.

Quer saber mais? Então clique aqui e veja todos os artigos publicados.