Artigos

Conheça nosso Blog ACESSE AGORA

Em dúvida entre Pilates ou Musculação? Listamos 3 vantagens imbatíveis do Pilates!

MUSCULAÇÃOoupilatesA musculação já faz parte da rotina de muita gente, sempre que se pensa em recorrer á um exercício regular, um “método fitness”, a primeira coisa que geralmente vêm a mente das pessoas é: “Vou entrar na Academia”. E esse entrar na academia, se resume a fazer musculação, 3 a 5 vezes por  semana, visando ganhar massa muscular, condicionamento físico e entrar em forma.

No entanto, nos últimos tempos, o Pilates tem se tornado um método cada vez  mais popular, que visa entre outras coisas, aumentar o condicionamento físico e fortalecer a musculatura, ou seja, os mesmos benefícios encontrados na musculação. Aí começam as perguntas… Porque escolher um e não o outro? Muita gente resolveu unir as duas modalidades, outros decidiram trocar uma pela outra. Mas, afinal, Pilates ou Musculação: qual a melhor opção?

Nós da Hai defendemos que por se tratar de dois bons métodos de exercício físico cada um trazendo benefícios á sua maneira e com resultados comprovados, vai de você conhecer a si mesmo, e compreender qual método encaixa melhor com o seu perfil. Vamos expor aqui alguns prós e contras que talvez ajudem você a tomar a decisão de maneira mais esclarecida e segura.

Vamos lá:

O que é a musculação?

É um estímulo constante do músculo através da energia gerada pelo corpo e pela força aplicada para mover o peso. Utiliza a força da gravidade (através de barras, halteres, pilhas de peso) e a resistência gerada pelos equipamentos, para opor força aos músculos que, por sua vez, devem gerar força oposta através de contrações musculares. Esta forma de treinamento físico é utilizada para fins atléticos, buscando melhorar o desempenho de atletas, estéticos definição e aumento do volume muscular e de saúde auxiliando no tratamento de doenças musculares, ósseas, metabólicas, etc.

1. Todos esses estímulos o Pilates também faz, só que através de molas que evitam os famosos “trancos” dados pelos equipamentos de musculação, os exercícios de Pilates são mais seguros, e por serem mais gentis com o corpo não causam lesões, e melhor ainda, você exercita os músculos usando o próprio peso do corpo, com a vantagem que a mola também trabalha a fase negativa do movimento, porque não tem a ação da gravidade, você não vai soltar a força na volta do movimento como existe no peso dos aparelhos de musculação.

2. O Pilates como método fitness é bem mais completo pois através dos Princípios do Pilates, melhora a mecânica corporal de maneira integral, porque melhora muito a postura e faz toda uma reorganização muscular que reequilibra o corpo e evita que você sobrecarregue ou trabalhe mais um grupo muscular do que o outro, o que pode acontecer muito mais frequentemente na musculação, quando você trabalha séries de determinado grupo muscular buscando a hipertrofia e deixa outras de lado. Em resumo, a musculação é menos “gentil” com seu corpo, ela pode levar a certos vícios posturais, ou mesmo lesões, e o Pilates vem para corrigir isso tudo, porque trabalha a flexibilidade, ao mesmo tempo em que trabalha a resistência muscular.  No Pilates, você não corre o risco de exagerar e se lesionar, o Pilates é um ótimo método para trabalhar o equilíbrio corporal e a prevenção ou reabilitação de lesões.

Vale dizer:

Quando você se perguntar novamente: Pilates ou Musculação? Pense o seguinte, o melhor método é aquele ao qual você mais se adaptar e o que mais gostar, pois qualquer método para manter a boa forma só vai ser eficaz com a dedicação e o longo prazo, e você não vai manter a frequência necessária para alcançar seu objetivo se não gostar do que tiver escolhido!

Nossa dica é que você experimente os dois, faça uma aula experimental de Pilates, e vá a uma sessão de musculação na Academia. Veja bem o que mais combinar com você e com o que você procura, qual mais se encaixa ao seu objetivo final. Se você curte mais o ambiente da Academia, com música e agitação etc. Ou se busca um ambiente mais calmo e que possa prover também algum relaxamento e tranquilidade, encontrado no Pilates.

3. Esta é uma das vantagens do Pilates sobre a musculação para a maioria dos praticantes do método, quem não gosta do ambiente de academia encontrará algo completamente diferente nos estúdios de Pilates. Primeiro que o Pilates não tem a aula já pré-determinada através da ficha ou planilha de exercício, que são muito usadas pelas academias para os treinos de musculação, e nos Studios as músicas são calmas e num volume mais baixo e as turmas são menores, o que faz com que o professor se torne quase um personal trainer para cada aluno, individualizando o atendimento e personalizando o treino como um todo.

Um coisa é fato: Na musculação você ganha volume muscular mais rápido.

A musculação treina grandes grupos musculares com objetivo de hipertrofia muscular. O Pilates, por sua vez, tem como objetivo o reequilíbrio muscular, a melhora da postura e a definição dos músculos sem hipertrofia e sem sobrecarga articular. Você obtém definição muscular no Pilates, mas não tão depressa e com tanto volume quanto na musculação.  No Pilates, os exercícios são executados com no máximo dez repetições e a evolução do treino acontece não pelo aumento das repetições, mas sim pelo maior número de diferentes exercícios executados para o mesmo grupo muscular. O objetivo é o máximo controle e precisão de movimentos que acarreta definição muscular, mas ela não é o objetivo final do exercício.

Você pode ainda, amplificar os resultados conjugando os dois métodos  como nós já comentamos aqui no blog anteriormente, a prática das duas atividades em conjunto, gera resultados muito mais rápidos e a eficácia do exercício é potencializada.

Nosso placar final então ficou:

Pilates 3 x Musculação 1

Esperamos ter ajudado você a saber um pouco mais das diferenças entre os dois métodos de exercício físico, e que você esteja mais próximo de encontrar aquele que mais combina com você!

Quer saber mais? Então clique aqui e veja todos os artigos publicados.